Artigos, Educação › 22/06/2020

Gestão escolar na pandemia

Série: “O desafio de professores e alunos durante a pandemia”

Capítulo 7

Por Ir. Cláudia Naves dos Reis

A religiosa que atua no Colégio Santa Gema, no Tremembé, destaca o impacto da quarentena na administração escolar, mas também aponta o aprendizado que a mudança provocou, apesar do estresse. “Estamos provando que somos seres adaptativos”, constata.

Ir. Cláudia Naves dos Reis

Como em todos os setores a pandemia causou muito desconforto na organização e gestão escolar.
Muitos desafios novos chegaram de surpresa, como por exemplo o fechamento abrupto do espaço escolar; a exigência de aulas online em plataformas ainda em experimentação; implantação e acompanhamento dos setores em teletrabalho, etc.
Como não sabíamos e ainda não sabemos por quanto tempo teríamos ou teremos que gerir tudo isso, a situação acabou causando muito estresse e desconfiança por parte de famílias, colaboradores, educadores e educandos.

Um novo que veio para ficar

A situação também abriu espaço para novas experiências e demonstrou nossa capacidade de utilizarmos nossas habilidades e competências para um novo que veio para ficar. Somos seres adaptativos a novas situações e estamos provando isso neste momento.
O importante é nos avaliarmos para verificarmos o que pudemos aprender positivamente com estes desafios postos a partir da pandemia e seguirmos aprendendo com o que a vida nos propõe!
_________________________
Ir. Cláudia Naves dos Reis pertence à Congregação das Irmãs Passionistas de São Paulo da Cruz. Atualmente, a religiosa trabalha no Colégio Santa Gema, no Tremembé, Zona Norte de São Paulo.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.